sexta-feira, outubro 13

EXECUTE ORDER 66!

Quarta-feira 20, setembro. Ano de 1307.
Papa Clemente V, sob mando de Filipe de Valois (Filipe, "O Belo"), envia a todos os senescais do reino cartas lacradas com ordens expressas, de que somente fossem abertas na noite de quinta-feira, 12 de outubro.

Quinta-feira 12, outubro. Ano de 1307.
Na carta, Papa Clemente V afirma que Deus viera a ele em uma visão, e o alertara de que os Templários eram culpados de graves heresias e crimes, e recebera de Deus a ordem de purificar a terra, aprisionando e colocando a ferros todos os Cavaleiros Templários, e torturando-os até confessarem seus crimes contra Deus.

Sexta-feira 13, outubro. Ano de 1307.
Numa manobra organizadíssima, às três badaladas do início do dia 13, os Templários, estarrecidos, pouco ou nada ofereceram em termos de resistência, entregando-se aos soldados do Rei sem entender as acusações, mas acreditando firmemente poder comprovar sua inocência.

O horror. O horror.
Os calabouços eram locais extremamente úmidos, insalubres, desconfortáveis, criados para quebrar a vontade dos prisioneiros, acorrentados durante todo o tempo. A estas aflições acrescentou-se uma série de outras práticas comuns na França, embora proibidas em outros países civilizados: a tortura sistemática. Contra os Templários aprisionados, utilizavam-se a torquês (arrancava-se a panturrilha com uma torquês afiada e nela se despejava chumbo derretido), a Roda (esta era planejada para esticar tanto o corpo da vítima que muitos vieram a óbito), as surras e chibatadas, e tormentos indescritíveis, que somente cessavam diante da confissão do que o Rei e seu papa fantoche haviam estipulado.

As Acusações que deveriam confessar.
* Negação e ultrajes à cruz - os Templários foram acusados de heresia; de negarem a existência de Deus e de Jesus Cristo, não sendo portanto Cristãos; de cuspirem na cruz e de a colocarem de ponta-cabeça.
* Não consagração da hóstia - foram acusados de não acreditarem na ressurreição de Cristo e não considerarem a hóstia como o corpo de Cristo.
* Poder de remissão do Grande Mestre - diziam que o Grão-Mestre absolvia seus cavaleiros dos pecados, colocando-se acima de Deus e da Igreja (a qual era incumbida de aplicar a penitência e a absolvição dos pecados, dizendo-se a única Ordem com permissão divina).
* Sodomia e beijos obscenos - acusados de manterem relações homossexuais entre os Templários e de beijarem-se na boca, principalmente na recepção do neófito.
* Imposição do segredo - a Igreja e o Rei alegavam que para haver segredo, havia algo maligno em suas reuniões. Diziam ainda, que esses segredos tratavam-se de planos contra a Igreja e o Reinado de Filipe, o Belo.
* Existência de uma regra secreta - tal regra seria a "Ordem Negra", o ensinamento oculto, uma regra que pregava os deveres dos seguidores de Baphomet.
* Idolatria à Baphomet - acusados de cultuarem a figura de Baphomet, um ser com cabeça de bode e que representa o demônio; o diabo; satanás.


699 anos depois, fecha-se mais um ciclo.
1307 e 2006: Calendários iguais. O dia que marcou o fim dos Cavaleiros Templários, é o mais temido "Dia do Azar" até hoje.

Sejam bem-vindos à verdadeira sexta-feira 13!
Tenham um bom dia!


COPIEI:
daqui, daqui, e daqui

11 Quimeras:

@ outubro 13, 2006 12:31 AM, Blogger Tahkren disse...

13 é o meu número da sorte!
(obviamente não sou templário)

 
@ outubro 13, 2006 10:13 AM, Blogger Larissa Marques disse...

Meu caro, já havia visto um documentário sobre os Templários no History Channel, e é por essa e por muitas outras que jamais seguirei católica, fui batizada, fiz primeira eucaristia. Mas em minha adolescência ao saber das atrocidades da igreja, acabei deixando tudo.
Hoje, já acredito que o homem é criador e não criatura. E não duvido dos limites da maldade humana quando estão em jogo dinheiro e poder.

 
@ outubro 13, 2006 12:36 PM, Blogger Fastolf.b disse...

É, fera...
é mais um dia triste do que scary!!!!
Feliz sexta-feira 13 para você também...

 
@ outubro 13, 2006 4:35 PM, Blogger Luzzsh disse...

Supersticiosamente verdadeira essa constatação! ;)

Beijossss...qtos? 13! Rs....

 
@ outubro 13, 2006 10:10 PM, Blogger Nanna disse...

Não sou supersticiosa... :))

Beijinhos, dear!
Bom final de semana pra você...

 
@ outubro 13, 2006 10:37 PM, Blogger Segunda Pele disse...

Sexta feira 13 só pode ser um dia de azar mesmo, tive que acordar cedo, ir trabalhar bem depois do feriadão vendo todas aquelas pessoas felizes na hora do almoço curtindo o feriadão e eu lá, mofando no escritório.Fora stress com certas vacas soltas em forma de gente. Tudo bem, isso pq nem passei debaixo de nenhuma escada hahaha
Linkei tu tb!!!

 
@ outubro 14, 2006 1:44 AM, Anonymous Anônimo disse...

Pô, baita pesquisa! Em suma, é isso mesmo.

Não dou a mínima para o 13. Há tempos percebo que o 42 tem alguma função maior, devido à grande freqüência com que tenho encontrado este número. Ainda bem não marca data nenhuma...

 
@ outubro 14, 2006 5:17 PM, Anonymous Thais disse...

Ontem a noite eu estava assistindo o filme "Código da Vinci"...até me assustei, pois foi uma coincidência, no filme falava da sexta-feira 13 de outubro...e estava asssistindo o filme bem nesse exato dia...!! Deu até medo!! hauahau

Muito bom o texto, o filme tambem...!!!


bjus

 
@ outubro 14, 2006 11:22 PM, Anonymous mavigo disse...

Interessante mesmo. Mas com certeza não é o ponto mais baixo da igreja católica. O apoio ao nazismo, a inquisição (no seu todo) e práticas de pedofilia vão mais longe. E não precisaram de uma data específica.
Abraço!

 
@ outubro 15, 2006 2:32 PM, Blogger Bruna Rasmussen disse...

dessa eu não sabia! :))

minha sexta feira foi normal, haha
não dou muito crédito ao azar.

beijos

 
@ outubro 17, 2006 11:18 AM, Anonymous Fabio Ciccone disse...

A maior graça está no seguinte: Jacques de Molay, último grão-mestre dos Templários, quando na fogueira, amaldiçoou seus executores, o papa e o rei da França, "Vocês dois morrerão até o fim deste ano". E não é que eles morreram mesmo?

 

Postar um comentário

<< Página Principal