domingo, julho 22

Celebração

Celebremos a vida

Inda que à tardinha
No crepúsculo da existência

Celebremos cada detalhe

Que faz tudo
Realmente valer a pena

Vivamos o hoje

Como se fosse
Sempre o último dia

Sintamos

O ar fresco no rosto, o voar dos pássaros,
O crescer das árvores, o mexer das montanhas,
o sorriso das crianças, o abraço dos velhinhos,
o amor alojado no fundo do olho de quem amamos

Celebremos o amor à vida
A vida, em si

Aquela que nos faz pensar
Aquela que nos faz sentir
O quanto é bom acordar
E dizer bom dia a mais um

Lindo dia.

6 Quimeras:

@ julho 22, 2007 7:02 PM, Blogger Juliana Pestana disse...

E que assim seja. Graças a Deus.

Feliz em ver-te em celebrações. Que saibamos verdadeiramente encher os nossos corações de alegria e saudar o amor que nos transborda o peito.

Lindos versos...

Bjãozão.

 
@ julho 23, 2007 11:03 AM, Anonymous ReLasak disse...

Hakuna Matata pra você também...
Bj, amor,

 
@ julho 23, 2007 12:36 PM, Blogger Jefferson de Souza disse...

É isso aê!
Porque a vida é boa!
Celebremos a Vida!
E apreciemos!

 
@ julho 23, 2007 1:19 PM, Anonymous Fábio C. Martins disse...

Algo que pouco fazemos.
Celebrar a vida em si, não as conquistas ou as derrotas, mas a vida, o simples estar vivo e os momentos junto aos que amamos.

Forte Abraços

 
@ julho 23, 2007 7:19 PM, Anonymous Sombra disse...

Marquemos pois, àquela célebre breja, com as respectivas patroas e o amigos de hj e sempre.

Ou como diria Homer: "Um brinde à cerveja, as causa e a solução de todos os males."

 
@ julho 28, 2007 12:36 PM, Anonymous Christian (vulgo Caminhante) disse...

É bom ter motivo para tanta celebração.
O meu motivo atende por Silvânia.
E, agora que estou em São Paulo, que tal celebrarmos juntos?
Eu levo a cerveja.

Abraço.

 

Postar um comentário

<< Página Principal