sexta-feira, outubro 28

Ébrio Elíptico

Um ébrio elíptico
Cruza a sala
Observa e cala
Sua condenação

Seu pulso exala
Álcool etílico
Seus olhos, cor
De vermelho-ressaca

Seu fígado morto-vivo
Se arrasta no
Último suspiro
Da bílie escura

Seu tempo
É pouco neste mundo
Seu corpo
É muito para uma vala.


(André Lasak • 22/10/99 • 09h29)

Marcadores:

2 Quimeras:

@ novembro 01, 2005 12:37 PM, Anonymous Simone disse...

Esta é a exata descrição da Simone no seu ambiente de trabalho !
HAHAHHAHAHAHHA
bjoca

 
@ junho 30, 2009 8:00 PM, Blogger Vitor disse...

Eu cachaceiro? o.O?

 

Postar um comentário

<< Página Principal