quinta-feira, janeiro 26

Descontinuidade - Capítulo 2

Leia o Capítulo 1



O sujeito pálido pega a bandeja da mesa e a coloca no chão. Quando a levanta, algo inconcebível aparece em cima dela.


CAPÍTULO 2


Uma larva disforme, de cor rósea e do tamanho de um recém-nascido, se contorce na bandeja. Tobias não acredita no que vê. Ela tenta se levantar, e dirige a cabeça para a cama.

- Por acaso você sabe porque está amarrado aqui?
- Em primeiro lugar, não faço a mínima idéia. Em segundo lugar, nunca conversei com uma larva, antes...
- Não é a larva que está falando com você.
- E quem é? A minha consciência?
- Não ainda. Mas não menos pior. Olhe à sua esquerda.
- Já olhei e não tem nada aqui, a não ser... você? Uma mariposa?
- Não é tudo o que se vê que se pode acreditar, Tobias. Agora peço licença, pois tenho algo para observar no Tempo.

A mariposa levanta vôo, e some pela janela entreaberta. Tobias fixa os olhos na larva.

50.000 a.C.
- São apenas homens de Neanderthal, Xzi - suspira Yzoo -, eles nem imaginam o que representa ou significa este Livro.
- Eles parecem tão... diferentes! Mas os seus olhos brilham como se nos entendessem, e soubessem o que está para acontecer...

1.232 d.C.
Ann-Marie De Gourgolles desmaiou, e não viu seu amor derreter na fogueira. Sonhando, recebeu uma ordem de Jean para que sumisse imediatamente com o Livro, antes que Papa Gregório IX o encontrasse. Acorda num salto, e corre para sua casa.

3.327 a.C.
Anamodron possui o dom da leitura mental, e tenta descobrir o que se passou nos últimos instantes de sanidade do escriba.

3 d.C.
Do alto da montanha, Cêntulo copia o Símbolo com carvão num pedaço de couro.

- Que padrão estranho! - pensa - A perfeição em forma de caos. O certo e o errado, o bem e o mal, interligados como se fossem um só. Que tipo de poder faria isto com centenas de homens?

1.832 d.C.
Diego, o noviço, encontra seu mestre pálido, sentado no chão do altar, olhando para um livro à sua frente.

- Padre?
- O Livro...
- O que tem o livro?
- Ele me mordeu.

428 d.C.
Uma mariposa entra pela janela, e pousa na parede do quarto. Khon ainda não acredita no que acabou de fazer, e contempla, intrigado, o que desenhou com o sangue que pertenceu ao seu único amor.

- Começou, Khon.
- O que é você? Como pode falar comigo?
- Começou, Khon. O fim de tudo.


CONTINUAÇÃO 01
A mariposa conta ao ferreiro os duros caminhos de uma Humanidade perdida.

CONTINUAÇÃO 02
A mariposa conta ao ferreiro que sua esposa guarda um segredo em seu ventre.


AGORA É A SUA VEZ!
Escolha entre a continuação 01 e 02, e aguarde: na próxima quinta-feira, mais surpresas em Descontinuidade - Capítulo 3!

Marcadores:

9 Quimeras:

@ janeiro 26, 2006 12:26 PM, Blogger Karan Novas disse...

Voto na impureza do feto. Tô impressionado com as datas.
Continue, ou descontinue.
Abraço!

 
@ janeiro 26, 2006 4:47 PM, Anonymous Lucas disse...

Manda a dois, André!
Só que podia não ser um feto, né? rs.
Lucas

 
@ janeiro 27, 2006 11:00 AM, Anonymous DioBR disse...

A opção 2 me parece bem mais interessante.

 
@ janeiro 28, 2006 1:04 PM, Blogger Tahkren disse...

CONTINUAÇÃO 02
A mariposa conta ao ferreiro que sua esposa guarda um segredo em seu ventre.

O momento é de mistério, princípio de alguma aventura. Ainda é muito cedo para um discurso filosófico.

Show

 
@ janeiro 29, 2006 4:29 PM, Anonymous Marta disse...

Com certeza o 2! É mais a sua cara...

 
@ janeiro 30, 2006 11:45 AM, Anonymous Peanutz! disse...

De 02 já basta Jesus hehehe

Continuação 1.

 
@ janeiro 30, 2006 12:02 PM, Anonymous Palermo disse...

De longe fico com a opcao 2!!
Abs, Dé!

 
@ janeiro 30, 2006 2:44 PM, Blogger Vivian disse...

André, com calma irei ler seus posts.
Mas, a princípio, nao achava seu blog porque estava digitando quimerafauna.blogspot.com (o que raios eh uma quimera fauna??) hahahaha
Daí eu corrigi após a pagação de mico.
Em tempo, coloquei algumas relíquias do humor duvidoso na minha página. Visite quando puder.
beijosss!

 
@ fevereiro 01, 2006 8:38 PM, Blogger André Lasak disse...

*** LIGAÇÕES ENCERRADAS! ***

CONTINUAÇÃO 01: 1 VOTO
CONTINUAÇÃO 02: 6 VOTOS

OBRIGADO AOS PARTICIPANTES!

PRÓXIMA QUINTA, NÃO PERCA
DESCONTINUIDADE - CAPÍTULO 3

 

Postar um comentário

<< Página Principal