terça-feira, novembro 14

Ansiezóides

A constatação está no signo
Incorreta interpretação caótica
O espelho vislumbrando tantos ciclos
Estupenda vibração esquisocrática

Dela não se suga mais o vinho
Degustado da membrana mais erótica
Deverias visto ter a tua história
Visto ser um tanto pouco mais exótica

O inconsciente furta a prática
Estupenda sensação alucinógena
Eternismos figurados fotográficos
Exibindo telas cruas panorâmicas

O acaso se converte em prantos cálidos
Gera o feto fere o caso se ferroa
Tinge a face frente à casa dos pecados
Se excita se lamenta se magoa

Se da turva água bebe bravos goles
Da âma seca o leite corta os foles
Oriunda febre intensa em devaneios
Sacros cantos contos santos seus anseios.


(André Lasak • 28/04/1997 • 16h32)

Marcadores:

2 Quimeras:

@ novembro 16, 2006 3:39 PM, Blogger Luzzsh disse...

Andrrrrééé,

Putz! A-m-e-i.

Beijos...

 
@ novembro 18, 2006 3:20 AM, Blogger Juliana Pestana disse...

Oh felicidade em poder comentar pessoalmente e falar tudinho frente a frente!
Alegria imensa. Poemas lindos. Presença maravilhosa!

Bjos enormes.
FLores em volta.

 

Postar um comentário

<< Página Principal